Diário de uma Emigrante

por:
Catarina Correia

Natural Santarém, desde pequena que sempre soube que aquilo que mais gosta de fazer, é ler e escrever. Em 2013 emigrou para a Islândia, é nessa altura que cria o Diário de uma emigrante portuguesa onde conta as suas aventuras e aprendizagens. Trabalha numa fábrica de chocolates e é cronista no Coração Luso.


Regressar depois de emigrar

11 meses depois de chegar “a casa” percebi que serei sempre uma emigrante... Foi um ano duro, cheio de aventuras, com algumas dúvidas, dias...

Diário de uma emigrante

Senti uma vontade inevitável de falar do passado, de recordar o dia em que aqui cheguei e o quanto as coisas mudaram, o quanto a vida mudou, o quanto eu mudei com a vida...
luctus non sed Donec Praesent Lorem