Gente da Minha Terra

Esta categoria contempla as gentes das aldeias, vilas e cidades de Portugal, todos têm voz nesta categoria: as suas histórias, as suas habilidades, as suas artes. Queremos valorizar e dar a conhecer as raízes que nos singram como portugueses.

“Ó gente da minha terra

Agora é que eu percebi

Esta tristeza que trago

Foi de vós que recebi”

— Amália Rodrigues


Já partiu a Mariana Maria

0
Recupero a reportagem que fiz com Mariana Maria, cantadeira, taberneira, personagem peculiar do concelho de Castro Verde, respeitada por todo o...

A rainha portuguesa do Facebook

3
Rita Melo, 30 anos, natural de Aljezur, acordeonista viu um dos seus vídeos do Facebook tornar-se viral, foram mais de quatro...

Pedro Noel

0
Era apenas um jovem quando, aos 15 anos, Pedro Noel descobre aquela que se tornaria, não só uma profissão como uma das grandes paixões da sua vida: a fotografia.

Isabel Marouço

0
O sonho de se tornar educadora de Infância realizou-o, mas já ficou lá atrás. Escrever  e, continuar a sonhar através das palavras, dos pensamentos, dos versos e dos poemas que lhe saem da alma e da serra que a inspira, é um sonho realizado todos os dias.

Sapateiro Expresso

0
O seu nome é Pedro Miguel e é Técnico de Reparação de Calçado há cerca de 15 anos. Na sequência de uma situação de desemprego, Pedro mete mãos à obra e é assim que surge a ideia do “sapateiro expresso”.

Marco Vieira

0
Marco Vieira é fundador da Escola de Música Tradicional de Odemira. Um projeto que nasceu em 2013 e que junta filhos, pais e avós para aprenderem a tocar instrumentos tradicionais que já estavam quase esquecidos. O aluno mais novo tem 4 anos e o mais velho 76.

Ricardo Laginha

0
Ricardo Laginha é um acordeonista de grande sucesso no baixo Alentejo. Desde os 6 anos que se dedica ao acordeão. Faz bailes por todo o país e conta com uma legião de fãs que o seguem pelas redes sociais.

Os Discípulos

0
Os Discípulos são um grupo de cante alentejano constituído por 23 elementos, entre os 14 e os 18 anos. O grupo existe desde 2013 e pretende manter viva a tradição do cante alentejano.

Elise Haton

0
Elise Haton é uma luso-francesa que vivia em Lisboa e tinha em emprego estável na área da organização de eventos. Um dia, decidiu despedir-se e optar por outro estilo de vida, fora da «cidade urbana aglomerada de gente sem tempo».
in elit. venenatis, id, commodo quis, lectus