País: Brasil

Wallace Oliveira

0
Wallace Oliveira é brasileiro e toca guitarra portuguesa. Em criança descobriu a cultura portuguesa e chegou a pertencer a ranchos folclóricos. Apaixonou-se pela guitarra portuguesa há cerca de três anos.

Sofia Palma

0
Do alto dos seus 1,58 de altura, Sofia Palma leva a sério a frase do poeta Fernando Pessoa que diz: “Não sou da altura que me veem, mas sim da altura que meus olhos podem ver”.

Celso Cardoso

0
A primeira vez que saiu de Portugal foi para viver em Florianópolis, no Brasil. Na altura, Celso Cardoso estava a fazer o mestrado. Esta experiência veio alterar o percurso deste consultor de informática, pois quando regressou do Brasil tinha uma certeza: queria ter uma experiência profissional internacional.

Clarisse Ferreira

0
Aos 45 anos, Clarisse, no tom açucarado da voz, no fluir dos gestos, é toda ela um pulsar de juventude que parece querer provar que a idade é aquela que vem de dentro e não a que se estampa por fora. O tamanho das façanhas que traz consigo não permitiria outro tipo de reflexos.

Nuno Constantino

0
‘Se ser um cidadão do mundo significa mudar a sua identidade ou deixar de definir como objectivo de vida voltar ao país natal, então não o sou, pois as coisas que são realmente importantes na minha vida estão lá’.

Maria Palha

0
Tudo começou no início de 2005, quando Maria Palha decidiu abdicar de um emprego seguro, para se aventurar em África, mais propriamente, em Moçambique.

Catarina Ricci

0
Aos 20 anos, Catarina Ricci partiu para o Brasil. Em Portugal, estudava Psicologia, mas o curso não correspondia às suas expetativas. Nessa fase, a paixão pelo cinema ganhava outra força e acabou por mudar o rumo de Catarina.

José Castro Caldas

0
José Castro Caldas já visitou mais de 35 países. Mudou-se para a Argentina em 2010. Depois, viajou pela América do Sul para rodar o documentário RUTZ, com o realizador António Faria.

Inês Caetano

0
Há cerca de dois anos, Inês Caetano abriu o mapa mundo e apontou para o Brasil. A cidade do Rio de Janeiro foi o local escolhido para partir à aventura. Na bagagem, levava a vontade de mudar de vida e de ganhar uma nova experiência profissional.

Diana Andringa

1
Uma portuguesa de segunda que se tornou uma jornalista de primeira.
elit. facilisis Aenean quis, leo vulputate, Praesent accumsan Curabitur suscipit commodo