Parceria Zarpante

0
39

O Coração Luso celebrou, recentemente, uma parceria com a associação ZARPANTE

Porque mais de 240 milhões de pessoas espalhadas pelo mundo falam Português, e pela democratização da arte e da sua divulgação, nasce o ZARPANTE.
A nossa ambição: reunir e mobilizar os lusófonos e amantes da nossa cultura em torno de projetos sociais e de projetos relacionados com o património artístico e cultural.

 

Zarpante é uma nova forma de financiar projetos relacionados com a cultura e o património. Se precisa de um mecenas para realizar o seu projeto, o uso do Zarpante é muito simples:

  • A inscrição como membro é gratuita e nenhuma mensalidade é exigida para a utilização da plataforma.
  • A inscrição dos projetos também é gratuita.
  • Se o projeto receber 100% do montante solicitado ou mais, ao Zarpante caberá uma comissão de 7%.
  • Se o projeto receber menos do que 100% do montante solicitado, nenhuma comissão será cobrada e todo o dinheiro será devolvido aos mecenas.

Não há nada a perder e muito a ganhar, então zarpe connosco!

 

O Financiamento Coletivo – a democratização do mecenato

O Zarpante quer criar uma real democratização da arte.

O financiamento coletivo é o ato de arrecadar dinheiro, em troca de recompensas, para realizar projetos por meio da agregação de múltiplas fontes de financiamento: amigos, família, fãs, empresas, associações… É uma nova tendência mundial para financiar projetos artísticos. Graças ao financiamento coletivo, cada vez mais pessoas poderão expressar-se, democratizando o mercado da cultura.

Um artista tem em mente um projeto, mas não os fundos suficientes para desenvolvê-lo. Ao mobilizar, através do Zarpante, a sua rede social (amigos, família, fãs…), poderá obter o financiamento do seu projeto, graças a doações em forma de mecenato. Usando a nossa rede social, o artista também divulgará a sua ideia para pessoas que não conhece e que não teriam tido acesso a seu trabalho.

Consideramos como projeto artístico qualquer tipo de manifestação cultural. Assim sendo, o artista pode sugerir, tanto projetos pessoais (lançar um CD, um documentário), quanto eventos culturais (espectáculos, peças de teatro, financiamento de uma rádio ou plataforma cultural, etc.). Trata-se de desenvolver projetos realizáveis que possam enriquecer o cenário cultural, mobilizando assim várias pessoas em torno de uma aventura.

O financiamento coletivo poderá também ser utilizado em projetos de conservação do património cultural. Por exemplo, se uma escola de samba quiser regravar e masterizar o seu acervo musical, poderá colocar o projeto no website. Dessa forma, pessoas físicas e jurídicas poderão participar da preservação de um elemento da nossa cultura.

Como as definições de arte e património são subjetivas, mande-nos os seus projetos para que juntos possamos estudá-los.
Sejam criativos, inovadores e lúdicos. Lembrem-se que a nossa equipa estará sempre à disposição para os ajudar a viabilizar o seu projeto.

 

Realizar seu projeto com Zarpante é simples

Basta lançar o seu projeto na nossa plataforma e divulgá-lo a pessoas que possam contribuir para torná-lo realidade. Alcançada a meta financeira, o dinheiro arrecadado será entregue ao responsável pelo projeto.

 

Contribuir para um projeto

Torne-se um mecenas e apoie a criação artística e a conservação do património! Contribuir para um projeto novo é simples e estimulante.
Em troca, receberá uma recompensa do fundador do projeto. Pode ser um «grande obrigado» como um prémio exclusivo e criativo. Só dependerá da generosidade da sua contribuição.

 

Saiba Mais

zarpante.com

Artigo anteriorPaulo Franzini
Próximo artigoCoração Luso no jornal Público
É a mentora do Coração Luso. Licenciada em Jornalismo e Comunicação, pós-graduada em Jornalismo e mestranda em Jornalismo, Comunicação e Cultura. Foi na Rádio que começou, chegando a colaborar com a Rádio Renascença. Na televisão passou pela RTP2, TVI e, mais recentemente, RTP Internacional. É apaixonada por histórias, gosto que herdou do seu avô. É emigrante no Reino Unido.

Deixe uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.